gallery/dbr antes
gallery/dbr depois

ANTES DO TRATAMENTO BIOLÓGICO

DEPOIS DO TRATAMENTO BIOLÓGICO

DESOBSTRUÇÃO BIOLÓGICA DE REDES - DBR

Inserção de aditivo biológico em sistemas coletores de esgoto.

Mineralização da gordura existente normalizando assim o fluxo de escoamento.

Eliminação do retorno do esgoto. Reativação de biofilme e eliminação dos odores indesejáveis característico da putrefação da matéria orgânica.

Eliminação por consequência de vetores patogênicos.

 

gallery/3c32d51f-c997-40fe-bbce-5eea3908e5f1
gallery/9a703a01-3085-4de7-b310-5481fd3de5b3

ANTES DO TRATAMENTO BIOLÓGICO

DEPOIS DO TRATAMENTO BIOLÓGICO

ESTAÇÃO ELEVATÓRIA DE ESGOTO - EEE

Tratamento biológico em elevatórias de esgoto através do processo de biorremedição.

Eliminação de material sobrenadante, redução/eliminação de odores putrefatos.

Controle da emissão de Gás Sulfídrico. Redução do processo de corrosão causado por compostos contendo Enxofre. Maior vida útil dos equipamentos internos e da alvenaria não revestida por bactérias bastonetes de Enxofre.

Eliminação de processos de eutrofização e de retorno de gases pela tubulação de entrada.

 

gallery/4f78faa7-e3f3-4edf-96d5-597b478a2a57
gallery/e1f33eaf-9c3a-44f4-a101-43b245c2b042

ANTES DO TRATAMENTO BIOLÓGICO

DEPOIS DO TRATAMENTO BIOLÓGICO

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO - ETE.

Tratamento biológico  diário. Redução drástica da Demanda Bioquímica de Oxigênio - DBO, Demanda Química de Oxigênio - DQO e Óleos e Graxas (OG).

Adequação do efluente para o seu descarte correto seja feito em corpo hídrico ou por fertirrigação.

Eliminação de material sobrenadante, redução/eliminação de odores putrefatos.

Eficiências de remoção acima de 85%. Exigência do CONAMA 430 estipula mínimo de 60%.

 

gallery/ete antes

ANTES DO TRATAMENTO BIOLÓGICO

gallery/ete depois

DEPOIS DO TRATAMENTO BIOLÓGICO

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO - ETE.

Estação Municipal próximo ao entorno de Brasília/DF.

Tratamento biológico  diário. Redução drástica da Demanda Bioquímica de Oxigênio - DBO, Demanda Química de Oxigênio - DQO e Óleos e Graxas (OG).

Redução drástica dos odores emanados nas adjacências da ETE.

Eliminação de espuma gerada por tensoativos presentes no efluente. Descarte sem contaminação em corpo hídrico.

Estudo de impacto de vizinhança positivo perante a população.